Bem-vindo

Igreja Batista Evangélica de Brasília

Aqui se entra para adorar a Deus, daqui se sai para amar o próximo., Louvado seja O Senhor dos senhores.

Sobre nós

Histórico da IBEB


No dia 29 de Novembro de 2009, com intuito de ganhar vidas para o reino, ajuntar um povo sem direção, um pequeno grupo, juntamente com o então Pastor Francisco Batichotte Neto, realizam um Culto Evangelístico Dominical, neste primeiro culto, cerca de 400 pessoas participaram, onde o poder de Deus desceu naquele lugar.

Na manhã do dia 06 de Dezembro de 2009, o Pastor Francisco Batichotte Neto; carinhosamente conhecido como Pastor Neto, realiza a primeira ceia no Taguapark, em Taguatinga Norte, no Distrito Federal. Naquela ocasião, é lançada uma palavra de superação e fé ao povo de Deus, em uma faixa é posta a mensagem que se encontra em Isaias 61 versículo 7, “Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria”.

As atividades da igreja só estavam começando, e na noite do dia 24 de Dezembro de 2009, em celebração ao nascimento de Jesus Cristo foi comemorado o Natal, e de fato acontece a Fundação da Igreja, nomeada então como Igreja Batista Evangélica de Brasília ? IBEB.

Desde então a igreja se formou com características bem marcantes, livre de tradições, com a alegria do Senhor, e um amor que ultrapassa as barreiras das quatro paredes, levando isso a toda comunidade, impactando vidas.

A IBEB é comprometida com a palavra de Deus, contextualizada com a nossa época moderna, mas não negociamos os princípios bíblicos, e cremos que a Bíblia Sagrada é a única regra infalível de fé e prática. Acreditamos em um só Deus, eternamente, subsistente em três pessoas; O Pai, o Filho e o Espírito Santo; cremos em Jesus e sua ressurreição corporal dentre os mortos, e sua ascensão vitoriosa aos céus; no batismo efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez nas águas segundo o livro de Mateus 3:16 e João 3:23; no perdão dos pecados; na salvação; na segunda vinda de Jesus Cristo. E na vida eterna de gozo e felicidade.

Hoje com diversos ministérios ativos, atendemos a todas as faixas etárias, observa-se que a mão de Deus tem feito maravilhas nessa igreja, cumprindo o IDE do Senhor, conforme Marcos 16: 15 . Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Para a Glória de Deus, pode ?se parafrasear o texto de Atos 9:31, dizendo:

Assim, pois, a IBEB, o Distrito Federal, o Brasil e o mundo , tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam. Andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo.

Pr Francisco Batichotte Neto

Com quinze ministérios de apoio a comunidade IBEB, Doze pastores, Dezoito Diáconos, e numerosos colaboradores dessa grande obra, cujos quais foram fundamentais para erguer a IBEB, no dia 31 de dezembro de 2014, instituiu-se o Conselho Superior de Pastores, composto pelos pastores Fundadores; Pr. Francisco Batichotte Neto, e sua esposa Pra Eliana Batichotte, o Pr Roberto Lopes e sua esposa Doris Ventura Lopes, os quais supervisionarão todas as filiais e sede dando apoio no que precisarem. 

Missão e Visão de Futuro

O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor (Lucas 4.18-19).
E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século (Mateus 28 20b)
Ide e fazei discípulos de todas nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ensinado (Mateus 28:19 ? 20).
E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado (Marcos 16:15)
Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem (Hebreus 11:1).
Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o SENHOR, quem está falando (Jeremias 29:11 ? NTLH).
E lhes proferiu ainda uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produziu com abundância. E arrazoava consigo mesmo, dizendo? Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus (Lucas 12:16-21).
Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos; e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação (Apocalipse 7:9 -10).

Corpo Pastoral


Francisco Batichotte Neto

Pastor(a) Presidente E-mail: prfbneto@gmail.com Telefone Funcional: 33999765

Eliana Batichotte

Pastor(a) Membro Conselheiro E-mail: ebaticho@gmail.com Telefone Funcional: 8116-0603

Roberto Ventura Lopes

Pastor(a) Membro Conselheiro E-mail: robertoventura-lopes@hotmail.com Telefone Funcional: 8384 4060

Cláudio André Moreira de Souza

Pastor(a) Presidente - Congregação E-mail: andreaandressa@pop.com.br Telefone Funcional: 9602-0362

Dulce Ferreira da Rocha Nery

Pastor(a) Auxiliar E-mail: dulcenery@hotmail.com Telefone Funcional: 9938-4021

Sylvio Cesar de Sousa Costa

Pastor(a) Auxiliar E-mail: Telefone Funcional:

Gildevan de Jesus

Pastor(a) Auxiliar E-mail: diretor@planetadf.com.br Telefone Funcional: 8528-4125

Laine Brito

Pastor(a) Auxiliar E-mail: brito@hotmail.com Telefone Funcional: 8109-9651

Artigos


Relacionamento: Uma questão de obediência a Deus

Evangelista Manoel*

O texto nos fala de relacionamento entre marido e mulher, no temor ao Senhor (devoção, e humilde obediência). Esse temor deve regular a atitude e o relacionamento pessoal do crente com Deus. (Colossenses 3.18-19)
Relato da criação:
Criação homem e mulher; Relacionamento (Gn 2.18- Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea) =solidão. Gn 6.5 O pecado= Morte; A maldade havia se multiplicado na terra.
Deus nos criou como seres relacionais. Assim, os relacionamentos são partes central daquilo que Deus projetou para mim e para você.
Para entendermos o RELACIONAMENTO FAMILIAR é necessário:
Primeiro: entender o Senhorio de Cristo no lar cristão, que deve presar por um relacionamento saudável.
Segundo: entender o que é relacionamento = reciprocidade - a arte de dar e receber. É depender um do outro. Um bom relacionamento necessita do poder de Deus nas nossas vidas. Infelizmente, muitos filhos crescem em famílias com relacionamentos, que estão fora da direção de Deus (gera sofrimento, dor amargura, tristeza e morte...). Por isso, o verdadeiro relacionamento, seja no casamento, seja na amizade, seja na igreja, depende de franqueza, de honestidade. Lamentavelmente, milhares de relacionamentos familiares estão sendo destruídos por falta de honestidade, de diálogo, etc. Os pais já não interagem com os filhos, já não influenciam na construção de suas identidades, não transmitem os modelos de relacionamentos que serão levados para todas as áreas de suas vidas.
Meus irmãos!
Assim como está à família, está à igreja e a sociedade. (Rm 1.28- E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes). Isso leva a “desobediência aos pais”, conforme (Rm 1:30 ? caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais). A “desobediência” tem sido cada vez mais “um sinal da decadência do mundo”.
O que fazer?
“Não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” Rm 12.2. O verdadeiro relacionamento começa pela renovação da nossa mente.
Através de um relacionamento feliz, sairão filhos felizes e equilibrados. Relacionamento requer humildade, desistir do EU; Requer interdependência.
COMO DEVE SER OS RELACIONAMENTOS CONJUGAIS?
a) V. 18 ? Esposas... (Ef 5.22-24...). Paulo está falando de uma submissão santa e sadia, vivida em amor e em respeito. As esposas devem SUJEITAR-SE à liderança do marido no lar; respeitá-lo e amá-lo; (como convém no Senhor...).
SUJEITAR-SE = SUBMISSÃO (está sob uma missão).
SUBMISSÃO não é obediência cega, é uma atitude de respeito; não é questão de inferioridade; Não é questão de valor pessoal; Não é pejorativa e não denigre. É colocar-se a disposição de outro. Sujeitar-se é compreender e apoiar. Submissão é à base da estrutura familiar; É dependência de Cristo; É exercida com amor; É demonstração de respeito e lealdade; (Provérbios 14:1 - A mulher sábia edifica a sua casa; mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba). A submissão agrada a Deus, é útil para o marido e uma alegria para todos.
Portanto, Submissão é a glória da esposa, como é a da igreja quando se submete a Cristo. A esposa cristã deve VIVER em grato reconhecimento do cuidado e liderança do seu marido.
Como tem sido o seu relacionamento conjugal?
b) V. 19 ? Maridos... (Ef 5.25-29... amor sacrificial, santificador, provedor, que tudo crer, tudo espera, tudo suporta, paciente, benigno, que não arde em ciúmes). Perguntas???
O marido deve santificar a sua mulher com palavra. A palavra está na casa que tem Jesus. Ex: (Mc 2.2 esta casa tem Jesus): A casa que tem Jesus: tem cura (hospital); tem perdão; tem fé (atitude).
A sua casa tem palavra?
Nenhum relacionamento saudável acontece sem palavras agradáveis; Esquecemos bom dia, boa noite... Esquecemos as boas maneiras e exigimos o que não temos para dá. Por isso é que existe tantos casais que não se conhecem.
A sua casa está edificada sobre a rocha? (Mt 7.24-27) Onde está sendo construída a sua casa?
Uma verdade: O que muda a sua vida não é o que você sabe, ou que você conhece, mas o que você coloca em prática.
A distância entre o que você sabe e o que você vive revela o seu caráter.
Lembre-se: Não é o amor que sustenta o relacionamento, é o modo de se relacionar que sustenta o amor.
O marido não deve tratar a mulher com amargura. PQ? A amargura cria tensões e gera desânimos. O marido deve ser um bálsamo, unguento, amigo, companheiro, sensível, servir, proteger e AMAR. Deve Liderar com autoridade e AMAR com profundidade. E você o que tem feito?
Trate a sua esposa como uma Mulher virtuosa.
“Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de finas joias - O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho. Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias de sua vida” Pv 31:10-12.
Saiba que: Pv 18:22 ? “Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do SENHOR). Isto significa entrar sabedoria, riqueza, paz, segurança.
(Salmos 128:1-3 - BEM-AVENTURADO aquele que teme ao SENHOR).
Como está o seu relacionamento com Deus? E com a família?
Falta de atenção, comunhão, interação. Muitas pessoas estão dentro de casa, mas tá ausente, tá longe, desligado, desatento, embora dentro de casa não percebe as mudanças que ocorrem. A família há tempo deixou de ser o centro das atenções. A Falta de atenção, de cuidados, as PEQUENAS coisas estão destruindo os relacionamentos.
CONCLUSÃO
CUIDADO COM AS PEQUENAS COISAS.
(Cântico 2.15 ? Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam os vinhedos, porque as nossas vinhas estão em flor).
O seu relacionamento está em flor, cuidado com as raposinhas; coisas pequenas que não são consertadas, as goteiras, os preguinhos.
Cuidado com as Armadilhas de Satanás: (brechas, divisões dentro de casa; goteiras, os preguinhos, as raposinhas). As raposonas são de fácil identificação; as raposinhas de difícil percepção, difícil de identificar, não são observadas de imediato, mas ambas comem as flores, os frutos. Se as raposas comem as flores o seu casamento está em risco. Está correndo perigo.
As raposinhas interferem nos relacionamentos, prejudicam, destroem, matam as flores. As raposinhas são intransigentes. Intransigência é não ceder, não aceitar opiniões, não dá o braço a torcer, não dá ouvidos, não pedir ajuda; Intransigência são as divergências não solucionadas que levam a falta de perdão, a falta de respeito pelos alvos pessoais, a falta de consideração, isso tudo gera raiva, mágoas. Maridos!!! Acordem. Como sacerdote do lar você deve buscar decisão diante de Deus, deve vigiar para não ser destruído.
Identifique as GOTEIRAS do seu casamento;
Identifique as BRECHAS que abalam e racham os relacionamentos;
Cuidado com os PREGUINHOS.
Amém?
Para refletir: A família precisa estar unida em Cristo Jesus. ..... (CL 3.1-2 - Buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que estão aqui na terra). Amém.
Amém. Glória a Deus. Aleluia! Oração!
* Manoel Cícero Da Silva, Diácono da Igreja Batista Evangélica de Brasília

Liderança, segundo o coração de Deus

F.B. Neto*

O QUE SIGNIFICA LIDERAR?

Liderar do Inglês arcaico; LAEDAN, significa “GUIAR, CHEFIAR”
A liderança é o esforço de exercer conscientemente uma influência especial dentro de um grupo no sentido de levá-lo a atingir metas de permanente benefício que atendam as necessidades reais do grupo.
O QUE É SER UM LÍDER?
Líder é aquele que tem a capacidade de influenciar as pessoas no sentido de, com ele, atingirem os objetivos desejados.
O QUE É SER LIDER CRISTÃO?
O líder cristão deve observar na palavra de DEUS os exemplos de outros homens e o de Jesus.
Estilo de Liderança de Jesus Atitude de Jesus Filipenses 2:5-11.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,?Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,?Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;?E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.?Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;?Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,?E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.
Filipenses 2:5-11
Cristo renunciou à sua dignidade pessoal!
Cristo assumiu o papel de servo!
Cristo se tornou homem!
Cristo se humilhou como homem!
Cristo obedeceu até a crucificação!
A LIDERANÇA NATURAL - É aquela que depende, unicamente, da personalidade, dotes e talentos de quem lidera. Vemos muitos líderes deste tipo, em nossos trabalhos, escolas, entre amigos etc. Muitos líderes de igreja também têm Liderança Natural, mas o que se espera é que estes caminhem para a Liderança Espiritual. Vamos discutir duas formas de liderança.
A LIDERANÇA ESPIRITUAL - É uma mistura de qualidades naturais e espirituais, pois até as qualidades naturais são dadas pelo próprio DEUS. A diferença básica é aquela que, além de utilizar a capacidade humana, o líder espiritual depende da orientação e iluminação do Espírito Santo em todo o processo. O Espírito Santo é quem concede Dons espirituais, que aumentam enormemente, a capacidade de liderança, de crentes que estejam buscando, a cada dia “encher-se do Espírito” (Ef5:18).
Há três tipos de Obreiros
INDIFERENTE - Os que não sabem o que está acontecendo.
PASSIVO - Os que observam os acontecimentos
LÍDER- Os que fazem com que as coisas aconteçam.
LIDERANÇA NA VIDA DO OBREIRO
Visão
Metas
Amor
Humildade
Autocontrole
Comunicação
Disposição
Persistência
Conscientização
PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA. 1º PRINCÍPIO DA VISÃO
Toda liderança eficiente começa com uma visão adequada. DEUS é o único que pode dar esta visão aos seus servos. Devemos pedir sinceramente ao Senhor: “Desvenda os meus olhos, para que eu veja as maravilhas da tua lei”. ?Salmo 119.18
Uma visão é uma imagem clara de algo que o líder quer que seu grupo seja ou faça! A visão é a revelação da vontade de DEUS; é o fundamento da liderança.
PRINCÍPIO DE LIDERANÇA CRISTÃ; - PRINCÍPIO DA VISÃO (JO 4:35)
O princípio da visão é a chave para se entender a liderança. Se uma pessoa tiver uma visão clara, à qual está sinceramente dedicada, já deu o primeiro passo rumo à liderança.
Uma missão é simplesmente uma visão levada à ação.
Qualquer visão de valor vem de DEUS. As visões de valor são um dom de DEUS.
O Espírito Santo é quem concede Dons espirituais, que aumentam enormemente, a capacidade de liderança, de crentes que estejam buscando, a cada dia “encher-se do Espírito”
AQUI NÓS TEMOS TRÊS TIPOS DE VISÃO
O líder e os tipos de visão Mc. 8 22.26
Visão Bloqueada.
Visão Parcial ou Distorcida
Visão plena. Visão completa.
Visão Bloqueada. Está impossibilitado de ver por causa da incredulidade. Veja que Betsaida é uma das três cidades repreendidas por Jesus por causa de incredulidade (Mt. 11.20-24). Provavelmente foi este o motivo que levou Jesus a conduzir o cego para fora da aldeia antes de curá-lo. (Jo. 3)
Visão Parcial ou Distorcida É o ministro que vê mais ou menos. Mas está sempre equivocado. Acha que é, mas não tem certeza de nada. Ele é pouco convicto no que faz. A pergunta de Cristo foi relativa: “vês alguma coisa? “. Ele não perguntou: vês tudo! E a resposta do homem foi: “vejo os homens, pois os vejo como árvores que andam”. Esta é uma visão “distorcida”, os homens não se parecem com árvores e nem as árvores se locomovem. Visão Nítida. Jesus desconfiou quanto ao que o homem via e fez nova imposição de mãos, então o cego passou a ver tudo: viu ao longe. Como a visão do Pai que enxergou seu filho pródigo quando ainda estava longe. Viu distintamente. Ele conseguiu distinguir os homens das árvores. Via a todos.
Visão plena. Visão completa.
Nada se faz sem consultar a DEUS, Tudo se faz com orientação e discernimento do Espírito Santo, com oração, jejum e louvor a Deus.
Um razoável período de oração deve preceder cada decisão.
Nada se faz que não seja do interesse ou para o bem geral do grupo.
Nada se faz sem consultar pessoas que já tiveram o mesmo problema ou pessoas mais experimentadas.
Nada se faz sem ouvir opiniões contrárias, quando há. Nada se faz sem estudar as várias soluções oferecidas.
Nada se faz sem estudar as vantagens e desvantagens.
Nada se faz sem avaliar as possibilidades econômicas e financeiras.
Nada se faz sem organizar um esquema de execução.
REFLEXÕES /CONCLUSÃO
O que estou fazendo, na igreja onde estou?
O que faço, o faço da maneira como o Senhor deseja que isso seja feito?
E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura Marcos 16:15

*Pastor Francisco Batichotte Neto, Presidente do Conselho Superior de Pastores da Igreja Batista Evangélica de Brasília.

A LIDOS ANOS ATRÁS

Dra. Nilze*

Bem sabido é, que um tanto quanto, somos irreverentes na casa de oração do Deus Altíssimo quando em reunião para ouvir o sermão, hora do Senhor nos falar edificando, exortando, e admoestando os corações de seus filhos, é hora de instrução do seu saber ao povo por Ele escolhido para seu ensino, com entendimento, reter e em atitudes

resplandecer sua sabedoria e poder.
A LIDOS ANOS ATRÁS,
EM PERNAMBUCO,
E TAMBÉM, AQUI, NO GOIÁS,
OUVI UM PROVÉRBIO DOS ANTIGOS,
DITO ASSIM:
QUANDO UM BURRO FALA,
O OUTRO MURCHA A ORELHA.

ATÉ O ANIMAL
SENDO IRRACIONAL,
TEM CERTA REVERÊNCIA
EM QUIETO FICAR
QUANDO OUTRO DA SUA ESPÉCIE
SE MANIFESTAR

NÃO DIGO ISSO PELO BICHO
E SIM PELOS IRMÃOS
QUE NÃO SE COMPORTANDO ASSIM
DESMERECE O CRIADOR
QUE COM TÃO GRANDE
SABEDORIA E AMOR NOS FORMOU
TÃO BEM CONSTRUIDOS ASSIM
PARA SUA GLÓRIA E LOUVOR

PRECISAMOS PENSAR BEM
QUANDO COM ELE ESTAMOS
NA SUA CASA O ADORANDO
SUA PRESENÇA CONTEMPLANDO
NO SERMÃO DO NOSSO IRMÃO
O CALAR EM REVERÊNCIAw
EXPRESSA, A ELE,
NOSSO AMOR E OBEDIÊNCIA

 *NILZE MARIA DE MELO SILVA CUNHA PINTO

Testemunho

A paz amado (a)!
Devemos dar testemunho das bênçãos de DEUS.
Não para nossa honra, mas para a honra e glória de DEUS.
Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido. (Atos dos Apóstolos 4:20).


Levi Alves

Minha História de vida

A minha história de vida iniciou na IBCB em meados de 2002. Em 1º de fevereiro de 2004, eu e a minha filha Hermicy nos mudamos para Águas Claras, naquele mesmo mês participei do Retiro de jovens da IBCB e conheci outros jovens da IBCB em Taguatinga.
No dia 7 de março de 2004 frequentei o primeiro culto na IBCB em Taguatinga, uma igreja acolhedora, amável, alegre e cheia do Espírito Santo de Deus, sob direção do Pr. Neto. Naquele mesmo mês senti uma vontade enorme de congregar aquela igreja, considerando que não era necessária uma carta de transferência, por se tratar de uma congregação da IBCB, não pensei duas vezes em mudar.
A minha primeira atividade naquela congregação foi participar do Projeto Semear (Evangelismo nas madrugadas). Em fevereiro de 2007 conheci a jovem mais linda da igreja (Jozelir). Naquele mês participamos do Retiro de Jovens da IBCB, tão logo marcamos o nosso casamento para o dia 20 de julho de 2007. Aproveito para agradecer ao Pr. Vilarindo Lima, Pr. Neto, Pr. Charles e ao Pr. Édio Medeiros Valença Filho, quem realizou o nosso casamento.
No dia 29 de novembro de 2009 iniciamos as atividades na Igreja Batista Evangélica de Brasília - IBEB. Em 2010 participamos do nosso primeiro Retiro de Casais. Foi uma experiência única.
No dia 12 de agosto de 2012 o Senhor nos abençoou com a nossa filha Isadora, naquela época não foi possível participar do Retiro de Casais de 2012.
A minha esposa Jozelir colaborou com a montagem de um mural para o Retiro de Casais em 2013. Em 2014 fomos convidados para ajudar na organização do Retiro de Casais.
Em 2015 fomos convidados pelo pastor presidente da IBEB para trabalharmos na coordenação do Ministério de Casais da IBEB. Naquela época montamos uma equipe de casais responsáveis e dedicados com a obra do Senhor.
Em 2016, ainda como coordenadores do Ministério de Casais ajudamos na organização do sétimo Retiro de Casais, mesmo com as dificuldades “impostas, foi considerado o mais belo e mais organizado Retiro de Casais promovidos pela Igreja Batista Evangélica de Brasília.
Aproveito a oportunidade para dedicar essa história de vida aos meus familiares e família: Jozelir (esposa), Hermicy (filha), Isadora (filha) e Heitor (filho).

Comentários

Notícias

As principais notícias da IBEB.


Ministério de Casais

Propósito de Amar

O Ministério de Casais da Igreja Batista Evangélica de Brasília, com o objetivo de fortalecer a união entre os casais com base na obediência a Deus, bem como o relacionamento familiar, sendo um instrumento que capacita e restaura a vida do casal para que possam cumprir o propósito de implantar e viver os valores do Reino de Deus com Amor, Paz, e Justiça, apresenta atividades visando capacitar os casais em busca desse propósito.
Em cumprimento ao seu objetivo, no 1º Encontro de Casais foi distribuído um álbum de figurinhas baseado no livro “O Desafio de Amar”, que é uma experiência devocional de 40 desafios para o cônjuge que deseja entender o amor incondicional, independentemente de como esteja o seu casamento.

Ministério de Casais

Filhos: um presente de Deus

A IBEB realiza o 1º Encontro de Casais no dia 22 de abril de 2017, com o tema Filhos: um presente de Deus. “Coroa dos velhos são os filhos dos filhos; e a glória dos filhos são seus pais”. Provérbios 17:6
A palestra foi apresentada pelo Ge e Dalvani, casal enviado por Deus para ministrar uma palavra de motivação e encorajamento aos corações dos participantes.
Naquela noite cada participante foi presenteado com uma revista idealizada pelo Ministério de Casais da IBEB com o objetivo de convidar aos participantes a participarem do projeto “Propósito de Amar em álbum de figurinhas”.

Contato

ADE CONJ, 19 LOTES 40/44 EM FRENTE AO BALÃO DO RIACHO FUNDO I - CEP: 71989-000
Águas Claras, DF

ibeb@ibeb.com.br

TEL: (61) 3399-9765




Com Cópia(cc)

Com Cópia Oculta(cco)


Mensagem: